sábado, 4 de julho de 2009

Nasce uma obra-prima


04/07/1865 - Publicação de Alice no país das maravilhas, de Lewis Carroll, obra clássica da literatura inglesa, considerada uma das mais célebres do gênero literário nonsense.

O livro conta a história da menina Alice, que vê um coelho branco correndo com um relógio na mão e, curiosa, decide segui-lo. Acaba caindo em um buraco, indo parar em um lugar fantástico, povoado por criaturas bizarras, no reino da tirânica rainha de Copas (semelhanças com a rainha Vitória, soberana inglesa do tempo de Carroll, não são mera coincidência).

A tiragem inicial foi de dois mil exemplares. Nova edição se esgotou rapidamente, e o livro se tornou um grande sucesso, tendo sido traduzido para mais de 50 línguas.

É uma das obras escritas da literatura inglesa que tiveram mais adaptações na história do cinema, TV e teatro.

Em 1951 foi lançado o desenho Alice no país das maravilhas, de Walt Disney, considerada uma obra-prima da animação.

No Brasil, a dublagem do filme foi realizada pela Continental Discos, e as músicas foram adaptadas por Gilberto Souto, João de Barro (o Braguinha) e Vinícius de Moraes.

Está previsto para meados de 2010 o lançamento do próximo filme do diretor Tim Burton, Alice no país das maravilhas, que terá Johnny Depp no papel do Chapeleiro Maluco, Helena Bonham Carter como a Rainha de Copas e Anne Hathaway como a Rainha Branca. Alice será interpretada pela atriz australiana Mia Wasikowska.

Ah, em tempo. Alice é o nome de minha neta.

(Retirado da seção - Que dia é hoje? - do blog de Lucia Hippolito)

Um comentário:

Cucchiaio pieno disse...

Que comentario mais doce que voce me deixou! Fiquei muito feliz por ter gostado do cucchiaio pieno, muito obrigada. Estou numa grande correria, assim que puder olharei teu blog com calma e carinho. Até breve. Um abraço
Léia